Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU SEGUNDO FILHO!

Hoje, está mais sorridente do que nunca,
Parece uma deusa encantada, sendo projetada de uma flor,
Peguei ela pela mão...
Senti um amor tão grande,
Que mais parecia luz de explosão,
Disse-me ao ouvido,
"Os chutes do nosso segundo filho,
Já estou sentindo"
Menina ou menino, tanto faz,
O que esteja dentro do seu ser,
E muito sublime, essa espera, na luta do amor pelo viver.

Acredito na força vital da vida, no segundo fruto do nosso amor,
Com alegria e emoção, minha querida,
Suavizo a mão bem de mansinho, canto uma linda canção,
Que se encontra no seu ventre ninho.

Cantando ainda eu pensava, nessa outra vida que brotava,
Continuava acariciando, com paciência e mansidão,
Desse pedacinho de gente, que tanto me irradia,
Alimentado pelo coração de mãe,
Doce mistério, linda magia.

Fito o horizonte, fazendo uma reflexão.
O que estará ocorrendo nessa gestação?
O médico me informou com ternura e bastante compreensão;
"Se esse bebê vier ao mundo, há de sofrer tormenta desilusão.

Segundo diagnóstico; far-lhes-ei uma revelação,
Peço que olhem o fato com a cabeça,
Não, com o sistema do coração,
Aconselho o aborto, essa, como médico é minha opinião,
Sei que não é uma boa; digo com convicção,
A ciência não erra e nem perdoa,
Três fatos negativos, mãe!
Ocorreram com você, com certeza já colocou em risco
A formação de seu bebê.

O primeiro é claro e evidente, são os trinta e sete anos,
Seus já vencidos,
Mas, contesta o casal amigo:
"Para quem ama não se consideram envelhecidos".

O segundo pior ainda, foi quando na Santa Casa,
Em Niterói, submeteu-se a uma cirurgia,
Não sabendo que estava grávida, foi sub-metida a uma
Sonoplástia, tomando, geral anestesia.

O terceiro fato veio a se ratificar,
Foi tão angustiante que começou a chorar;
O fator RH, incompatibilidade total,
Pensou que fosse o fim,
Mas, convincente, exclamou:
"Meu filho, vai ser arrancado de mim?

Neste momento exato, veio a nossa mente,
Tantos irmãos nossos, não lutam pela vida,
São fracassados, doentes, deprimidos, cegos, surdos
E até dependentes, são paralíticos, desesperados e,
Atormentedos, cada qual leva a sua cruz,
Quanto a nos, continuaremos...
Sempre confiantes...
- Meu filho, meu tesouro, defendê-lo-ei até o fim,
Não desejo olhar para traz, confiar nos ensinamentos
Que o Senhor Deus NOS faz.
Assim, concerteza, sempre carregaremos a paz.

Vou fazer um desafio,
Tão imenso e não disperso,
Meu filho, virá ao mundo,
Nessa riqueza de universo.

Nesse contexto divino, devo aumentar a fé,
Nessa infinita abundância, não há barreira e nem distância.
Firmo o pensamento, meu filho respire confiante,
Falta quase nada... somente alguns momentos,
Prá anunciar sua chegada, registrar seu nascimento,
Não será a minha idade que o inpedirá de nascer,
Esta feliz meu coração, desafiarei a medicina,
Mas nunca o autor do perdão, que perduou-nos numa cruz,
Pois desde que fui fecundada, havia um próposito,
"Você verá a luz".

Não será o fator RH,
Positivo ou negativo, que tirará você de mim,
E, por isso eu bendigo, Você estará sempre comigo.
Se, por acaso, alguém lhe disser algum dia,
Você é feio, mudo, cego, sem jeito e sem valor,
Vou sofrer ou sorrir com você,
São sorrisos para vida, fé e explendor,
E, não de assassina, de mau hu8mor.

Nem a anestezia que me aplicaram,
Na realização daquela operação,
Vai-me impedir que um dia, ouça
O tic-tac de seu coração, Não tenha medo, pois eu lhe digo
Creiamos no amor Divino, Ele esteve sempre comigo,
Com certeza, também estará ainda mais conosco.

O tempo passou, passou,
Meu filho, você nasceu,
Demos graças satisfeitos,
Meu bebê o contemplamos,
Você vê-io todo perfeito.
Alci Santos Vivas Amado
Enviado por Alci Santos Vivas Amado em 16/04/2006
Código do texto: T139940

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alci Santos Vivas Amado
Mimoso do Sul - Espírito Santo - Brasil, 71 anos
238 textos (30999 leituras)
2 e-livros (136 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 16:01)
Alci Santos Vivas Amado