Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vinho para Esquecer...

              Vinho para esquecer...  (1)
Cansada de perscrutar os astros- assustei-me com o silencio da cidade adormecida.
 Quer meu coração desvendar misteriosos segredos da paixão e do amor.
 Morte e Vida, Maria!
E quando hoje acordei e pousei meu olhar sobre o imenso Oceano vislumbrei minha
 bem aventurança, e vi passar em tela o drama da futilidade humana. Foi momento
 único, talvez, pensou minha imaginação, de mulher que veio do Nada e indo para o
 Nada, devo aproveitar o tempo que me  resta aqui na Terra.
Vinho e Prazer, Maria!

          Vinho para esquecer...(2)
Gozar dos perfumes e dos sabores que a materialidade me oferece – antes que ao
 Pó eu retorne... E minha  alma viaje para o país do Além – terra misteriosa e desconhecida,
 de onde ninguém jamais voltou para nos dizer se realmente existe.
Resolvo não ouvir mais conselhos de santos  nem de letrados, nem disso nem daquilo,
porque sei  de nada adiantar esse jejum de prazeres que a mim eles querem impor.
A voz do tempo é mais veloz do que meus passos. Agora me aquieto a uma mesa de
bar e peço mais vinho – encho a taça e a tomo num gole só, para esquecer que já
envelheci...
                      Fátima Pessoa


Poética
Enviado por Poética em 19/04/2006
Código do texto: T141748
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poética
João Pessoa - Paraíba - Brasil
39 textos (3223 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:33)
Poética