Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quinze anos

Suave...
Tão levemente suave
Pairavas no ar com as notas
Bailavas tão leve nas rotas
Do  salão que não se continha...
Os moços boquiabertos
Corações saltitantes
Alegres e tão delirantes, flertavam-te
Fitavam-te como um diamante...
De ciúmes, me corroia...
Não sabia que fazer!
Ao ver minha princesinha
Tão linda, tão elegante
Fazendo aqueles infantes
Torturados, estonteados...
Só então eu entendi
Que só mesmo eu é que não vi
Que o tempo tinha passado...
Que a minha garotinha
Que esteve sempre ao meu lado
Cresceu, tão linda... exuberante
Tornou-se  bela mulher...

                  (Para minha filha Marília, com muitas saudades de quem nunca se esquecerá)
Eder Mag
Enviado por Eder Mag em 20/04/2006
Código do texto: T142480
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eder Mag
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil, 52 anos
41 textos (1199 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:28)
Eder Mag