Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Felicidade ou Infelicidade

Pela manhã, abro a janela do meu quarto e deparo com uma paisagem encantadora. Um céu de azul anil com pequenas nuvens claras, indicando um lindo dia.  Árvores frondosas bailam de um lado para o outro. Borboletas  misturam-se ao verde e ao colorido de belas flores. Pássaros de diversas plumagens e espécies formam um concerto com seus cantos melodiosos, como se varias orquestras tocassem ao mesmo tempo. Outros sons se misturam, assim como o som de água correndo, batendo em alguma rocha, fazendo estardalhaço. Pessoas passam caminhando pela avenida, uns cumprimentam-me dizendo: “Que belo dia! Você está apreciando a natureza, isso sim, que é vida!”. Tudo isso provoca em mim um sentimento momentâneo de felicidade. Já outros, passam sem mesmo perceberem toda essa beleza que os cercam.

A janela do meu quarto fica de frente para uma bela avenida. Margeando a avenida tem uma mata tropical, onde estão as árvores frondosas com seus verdes e suas flores de tonalidades variadas. As árvores abrigam em seus ramos e folhagens os pássaros e as borboletas. Fazendo parte do contexto paisagístico,  tem um rio extenso e caudaloso que joga suas águas contra as rochas localizadas às suas margens. Pessoas alheias, sem compromisso com a vida e a natureza, passam pra lá e pra cá. Uns quebram os galhos das árvores, outros jogam pedra nos pássaros,  outros ainda, colocam lixo às margens da avenida, o qual provoca um cheiro desagradável, fazendo com que o ar se torne pesado e irrespirável. Essa situação causa uma sensação de infelicidade, principalmente ao perceber que muitas pessoas não  respeitam a natureza, muito menos, a vida.

Ao falar sobre esses pequenos momentos de felicidade, sinto uma sensação tão gostosa, que não há nada que a compense. Ainda, é uma forma de ver e descrever o cotidiano. Porém, algumas pessoas não acreditam e dizem que isso não passa de sonhos efêmeros, outros ainda, que a minha janela é mágica e que tais situações não existem, uns poucos dizem que depende da forma  como se olha. Com certeza, a incredulidade, a pouca visão das coisas e da vida seja a causa de boa parte da infelicidade no mundo. Portanto, para mim, felicidade ou infelicidade depende da visão e da forma com que cada um as constrói.


26/01/04
Wilcaro Pastor
Enviado por Wilcaro Pastor em 21/04/2006
Código do texto: T142861
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wilcaro Pastor
Coronel Fabriciano - Minas Gerais - Brasil, 65 anos
489 textos (37600 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:21)
Wilcaro Pastor