Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Uma cigana amante fui,
Uma andarilha atrás de desejos,
Uma mulher de sangue quente,
Uma louca por vagar na vida
Embusca de alguns beijos!

Muitas mãos eu li...
Sendo a tua, que como braile,
Leu meu corpo em chamas,
Sendo tu, minha maldição,
Meu eterno desejo de outras eras!

Te busco durante séculos,
Te acho...
Mais,
Te perco!

Caio!
E recomeço a andar
Embusca de mais alguns beijos...

Escrevo cartas e versos
E solto no vento...
A esperança,
Vaga na imensidão do tempo!

Mundos diferente vivemos,
Eras distintas morremos
E em uma outra vida,
Nus encontraremos...

Esse amor será fraterno...
Essa paixão será eterna!

Sou cigana...
Tu és filho do homem!

Sou Lua...
Tu és o Sol!

Sou dia...
Tu és noite!

Sou água...
Tu és ar!

Sou amor...
Tu, apenas paixão!

Este cigana te amou com todo tesão,

E com tua propria,
Ádaga,
matou-se de solidão!!


MoneCat
Enviado por MoneCat em 22/04/2006
Código do texto: T143274
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Direitos autorais à Simone Teixeira do Carmo) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MoneCat
Belém - Pará - Brasil, 38 anos
2208 textos (296521 leituras)
72 áudios (9502 audições)
4 e-livros (1079 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/06/17 12:46)
MoneCat

Site do Escritor