Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minhas Linhas.

Minhas Linhas.
Delasnieve Daspet

Como cantilena
Te apresentas em todas as esquinas
De minha vida.
Ninguém nos separará,
Estas em todos os cantos e recantos.

Mostro em linhas,
Rabiscos de minh'alma
Versos antigos, guardados comigo.
Minha carne, meu sangue,
Âmagos, expostos sem pudor,
Sem qualquer senso de ridículo!

Eu e Tu, somos Nós.
Carne e unha.
Pulsar de vida presente
Na ausência de minhas quimueras,
Sombra da mesma sombra,
Clones.

Ao te expor, linhas minhas,
Transcendo-me.
Abandono a dor e sou livre!

Em versos  -  minha imagem verdadeira.
Em letras - mostro o mundo de vida
Que não é vista pelo humano,
E pelas linhas  - vivo eterna!
**30-05-2002  - 18,00 hs
Campo Grande  MS
Delasnieve Daspet
Enviado por Delasnieve Daspet em 24/04/2006
Código do texto: T144710
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Delasnieve Daspet
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 66 anos
654 textos (28495 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:19)
Delasnieve Daspet