Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Acalanto

Neste acalanto encontro afluentes de mim mesma. Devoro a insensatez do verbo amar...
Fugaz, nevasca para em pensamento rimar a palavra que sai de mim.

Não sei a lógica de rimas e versos
escrevo como quem se alegra com um pular de cordas
letras que pulsam
pedem liberdade

Relativa altivez
nascida do tanto viver
vem em mim
oh clara visão
Encontrar a mais pura versão
porque neste teor, encontro afluentes de mim mesma.

DenyMartins
Enviado por DenyMartins em 28/04/2006
Reeditado em 02/05/2006
Código do texto: T146975
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
DenyMartins
Curitiba - Paraná - Brasil, 48 anos
36 textos (3667 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:07)
DenyMartins