Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Você

Você chegou de mansinho, como quem nada quer,
Me encontrou tão perdida, tentando me refazer.
Você foi o melhor amigo, soube me ouvir e entender,
Me fez sentir protegida, aqueceu todo o meu ser
Você ficou ao meu lado, lutou pra me proteger,
Despertou dentro de mim, algo lindo de se ver
Fiquei morrendo de medo, não podia te perder
Você era meu grande amigo, como pôde acontecer?
Mas até em você havia algo prestes a se romper,
Uma barreira difícil, mas louca para ceder.
E, aos poucos, lentamente, começou a perceber,
Que aquela amizade era amor de enternecer.
Mas, junto com ele vinha algo a se temer,
Era o monstro do ciúme, querendo nos arrefecer,
Vencemos duras batalhas, mas o monstro é resistente
E às vezes causa estragos difíceis de se esquecer,
Mas, o nosso amor é forte, pode a tudo refazer
Pode aplacar essa dor, que afeta todo o meu ser.
Você tem de me ajudar a fazer a dor cessar
Pois eu sei que a dor que sinto atinge a você também,
Nós temos de ser fortes, e vencer mais uma batalha,
Aprisionar o ciúme e represar as conseqüências,
Vem, amor, lute comigo!
Nosso amor é forte e vencerá a tudo isso.
Vamos em frente de mãos dadas,
Coração aberto dentro do peito.
Vamos deixar a vaidade, o orgulho e o receio,
Quero-te aqui, comigo, pois juntos nós somos um.
Se te separas de mim, enfraquecemos os dois.
Vem amor, abre teus olhos e me enxergue,
Estou aqui, ao teu lado, não deixe para depois.
Abra as janelas da alma e as portas do coração.
Expulse a poção de veneno, que impede o teu perdão,
Beba o néctar dos deuses, ouça a voz da sua emoção.
São apenas os sinais que abençoam nosso amor.
Afasta este tirano que impede a mente clara,
Esqueças-te do passado, não o funda ao presente,
Abandone antigas mágoas que inda lhe são inerentes
Acorda para nova vida, que nasce e segue contente!
Se lutares ao meu lado, seremos sempre valentes,
E nenhum adversário vai se impor à nossa frente,
Porque juntos somos fortes, somos muito combatentes,
Mas, sozinhos nada somos, todos crescem e viram valentes.
Se permitires que a vida renasça na tua alma,
Se abrires tua porta, vais calar o monstro então,
Vais permitir novamente, ouvires teu coração
Porque no amor não se pode ouvir apenas a razão,
Se tens mágoa do passado, deixe o tempo trabalhar,
Ele é sábio e com certeza pode tudo apagar.
Se pensares sobre isso, sei que vais raciocinar,
E chegar à conclusão de que vale a pena tentar!
Limpe o rosto, limpe as marcas,
Elas não te ferem mais!
Coloque outro espelho n'alma e vem a frente contemplar,
A beleza que carregas e não deixas se externar
Abre as celas que acorrentam esse ser que aí está,
Libertes tua beleza, deixe-a a todos ofuscar
Ergas a tua cabeça, é hora de caminhar!
Passos firmes, decididos, sabes onde queres chegar,
Sem temores, sem receios, meu amor contigo está!
Te acompanho, noite e dia,
Seja aonde quer que vás!
Fazes parte do meu mundo, é aqui que tu estás
Vem comigo, meu amado, nada pode nos obstar,
Nosso caminho é lindo, basta quereres enxergar,
Não permitais novamente que a sombra queira entrar,
Porque aonde o sol penetra, não lhe sobra mais lugar!
Hoje a vida nos festeja, vamos já recomeçar,
Vamos viver cada instante, porque quero celebrar,
Somos um e somos nós: eu, você e o nosso amor
Nada mais conseguirá, que fiquemos prá depois!

Te amo!!!

(04/09/2002)
Akasha De Lioncourt
Enviado por Akasha De Lioncourt em 28/04/2006
Reeditado em 02/07/2009
Código do texto: T147118
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Akasha De Lioncourt
São Paulo - São Paulo - Brasil, 45 anos
706 textos (1034716 leituras)
72 áudios (109732 audições)
30 e-livros (56832 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:34)
Akasha De Lioncourt

Site do Escritor