Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Poeta e seu amor


O poeta sussurra em linguagem própria, externando com habilidade seu sentir mais íntimo. Deixa-se enlevar facilmente e, busca de maneira acolhedora, aproximar-se de seus iguais.
Seu amor é quase religião, e como tal possui ritos e rituais. Alicerça-se em crenças, valores e concepções próprias, de modo que a poesia é o latejar de seus anseios e ao mesmo tempo a pulsão de sua essência Vital.
Eis que o valor do poeta está em sua coragem de versejar a vida, expondo de forma peculiar, os sentimentos que afloram em seu peito. E suas rimas, seus parágrafos, testemunham a delicadeza de sua alma, quando deixa ,então, deslizar suavemente a emoção que o alimenta. Emoção que por vezes o atormenta, e que habita os confins de seu querer, até que é aliviada, quando o poeta canta o verdadeiro amor.



Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 01/05/2006
Código do texto: T148192
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215194 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:04)
Priscila de Loureiro Coelho