Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ela Me Desequilibra

esta mulher que roça
meu espírito,
até
me desequilibra
meu mal amado
estado aplítico.

não sei o que
fazer.

mas faço:

daqui,
dali,
puxo a corda,
toco o sino,
leio de montão,
de platão à caras,
mas não consigo:

tudo  se desequilibra,
quando penso
nessa mulher
que usa azul no lenço,
e amor nas
tormentosas
sainhas,
mesmo com sol à pino.

é o tal negócio,
depois dizem que não,
a igreja proibe,
a lei inibe,
e todas as raposas
desfilam dizendo:
sai desta homem
que inibe.

é o tal negócio,
bem rouco !

homem não
tem sossego,
quando não está
enrolado em dívidas
ativas,
tá enrascado e lívido,
com mulher dos outros

ah! que saudade
da minha
infância.

naquela época
eu nem pensava nisso,
sexo nem inventado
tinha sido,
e a mulherada roçava
meu rosto e só dizia:
tão bonitinho !

hoje sou um homem
tão enrolado
que chego a ficar
de luto,
por papear com
com mulher casada.

saída,
não honrosa,
mas lá achei!

é rezar amém,
e de mulher me vestir!
pra chumbo não levar
na traseira
dos meus ocultos !

José Kappel
Enviado por José Kappel em 07/05/2006
Código do texto: T151684
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26783 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 07:02)
José Kappel