Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Conselhos de amigo

Abaixo a ditadura. Abaixo a tirania. Abaixo quem está em cima. Derruba quem te domina. Aproveite a liberdade, mesmo que tardia. Corra solta pelos campos sem grilhões, ordens e convenções. Não dei ouvidos às falsas esperanças; a mão que afaga é a mesma que te condena. Não dei ouvidos aos falsos
poetas; não passam de um bando de desocupados. Ame a vida e ame a todos, reze para o seu Deus, reze por mim, não me permitas aceitar o ateísmo... por mais que faça sentido. Não rias e nem chores por mim. Eu não mereço tanta atenção assim. Não me leves a sério, porém não me zombe. Jamais duvide da incrível capacidade dos loucos de captar a realidade com perfeição. Jamais atire pedras em Marias
Madalenas. Jamais digas que odeias alguém. Ensina-me a perdoar e a não ser tão pessimista. Aprenda a rir de todas as adversidades. Venda cada conselho deste meu poema pelo preço justo. Mas não vendas este poema, pois poemas não têm preço: são dádivas de Deus.

                                             Campinas, 2005
Fabiano Marquezi
Enviado por Fabiano Marquezi em 15/05/2006
Reeditado em 22/05/2006
Código do texto: T156736

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Créditos: Fabiano Marquezi). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fabiano Marquezi
Campinas - São Paulo - Brasil, 37 anos
133 textos (4843 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:33)
Fabiano Marquezi