Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DOCE CANÇÃO À BORBOLETA (HOMENAGEM POÉTICA A TODOS OS POETAS RECANTISTAS)

TRIUNFAS SOBRE O AR,
NAVEGAS SOBRE O DIA.
NO BREU DA NOITE, ESGUIA,
POUSA NAS ESTRELAS.
AS FLORES CIÚMAM
O TATO DOS TEUS PÉS.
PEREGRINA VOAS,
CONTA-ME SONHOS DO UNIVERSO,
ACENDE-ME COM TUAS FÁBULAS,
TIRA-ME O POUSO DA MORTE,
SENTIMENTO QUE ME ANGUSTIA.
COM TUAS ASAS ESTENDIDAS,
ALÇAS VÔOS PRA BEM LONGE,
SINTO INVEJA, INVEJA DE AMIGA,
CONHECEDORA DE TANTOS CAMINHOS...
POBRE DE MIM, BORBOLETA,
SEM ESTÓRIAS PRA CONTAR DO INFINITO,
VOA, TRAZ-ME NOTÍCIAS TUAS,
QUEM SABE, A CHUVA MUDE O TEU DESTINO
E POUSES EM MINHA PORTA,
PRA ME CONTARES,
SEGREDOS DA ENAMORADA LUA.

16/05/2006     TEREZA NEUMANN
Tereza Neumann
Enviado por Tereza Neumann em 18/05/2006
Reeditado em 18/05/2006
Código do texto: T158161

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Tereza Neumann). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tereza Neumann
Salvador - Bahia - Brasil, 62 anos
330 textos (15756 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 06:12)
Tereza Neumann