Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu Sei*

Tu dizes cousas para mim, e eu acredito
porque eu te amo.

As palavras vêem até mim como num filtro, e eu sei onde andou o teu olhar...

Teus pés me dizem por onde andaste, e meu coração disparou de noite... então eu soube.

Soube que o teu olho andou buscando um verde , e não o meu castanho... chorei... e a chuva da serra misturou-se com a minha salgada lágrima límpida...  Acordei do sonho tenebroso na minha cama pequena e fria, onde não encontro teu cheiro nem o teu hálito de bom dia.

Um horário ridículo, e eu nem pude pousar meu rosto na fronha, enquanto os pensamentos eram despertados aos chutes na borda de um capuccino frio e muito doce.

A angústia de sentir que estavas partindo, para longe, mais longe do que falaste, onde o gelo consegue  fazer tremer meu miocárdio, e enquanto uma senhora me presenteia com uma peça de tricô... quase enfarto, e sei que naquele momento tu estavas fora de área mesmo.

A inveja dos enamorados que passavam por mim, as mãos enlaçadas, os olhos cerrados  na aproximação, e eu com uma bruxinha roxa na mão.

Indo para meu lar, onde aqueles que me amam incondicionalmente aguardam ansiosos por notícias nossas, recebem meus olhos vermelhos e marejados, como se o prelúdio nunca seja anunciado.

A minha cama, eu desconheço. As almofadas mofadas e frias, o espaço pequeno e sem cheiro teu... sem braços ternos e tenros a me envolver...nostalgia, e o teu perfume na minha pele arrepiada...nem  tomei banho só para te ter comigo um pouco mais...

Amor, eu te amo. E a distância está me matando.
Socorro, me salva!!!
 
Janaína Poletti
Enviado por Janaína Poletti em 18/05/2006
Reeditado em 30/06/2006
Código do texto: T158444

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Janaína Poletti
Gramado - Rio Grande do Sul - Brasil, 56 anos
134 textos (11166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:24)
Janaína Poletti