Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Afonte imagem:www.apostoladobrasileiro.com


Arrancaram-me As Penas!

Arrancaram-me as penas!
Não posso mais voar.
E meus gritos, a partir de agora, terei de sufocar.

Arrancaram-me as penas !
Meus pés fixaram-se no chão
E meus silêncios, a partir de agora, terão todos os nãos. 

Arrancaram-me as penas!
Plantaram-me, num lugar qualquer.
E as minhas dores, a partir de agora, terei de agüentar.

Arrancaram-me as penas!
E apenaram-me numa prisão.
Não mais olharei pro céu,  porque não suportarei mais  a emoção.


Rosa Berg
Enviado por Rosa Berg em 23/05/2006
Reeditado em 22/11/2008
Código do texto: T161169

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosa Berg
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
509 textos (71923 leituras)
30 áudios (5857 audições)
2 e-livros (2212 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 12:45)
Rosa Berg