Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

(imagem: A Criação, de Michelangelo)

EU SOU DEUS E NEM SABIA!? 

     É muito bom saber que não importa quantas lágrimas chovam nos meus canteiros, e talvez até mesmo por causa delas, a primavera, alheia a minha vontade e minhas eventuais tormentas, virá a cobrir de flores a estrada por onde tropeço nas pedras que nem notara por estar com os olhos despreocupados ou ao contrário, embaçados pelas nuvens que antecedem os temporais. 
     É muito bom saber que ainda que eu momentaneamente carregue um cubo de gelo na alma pelo inverno de dores que se abata sobre mim, a minha revelia e contra minhas expectativas, o verão virá carregando um enorme sol que escancarará seu sorriso quente, abrindo-me as portas de outros dias. 
     É bom demais saber que, não importa o tamanho dos meus problemas – os que eu causei e os que me foram “carinhosamente” ou meio “sem querer” dados de presente – o mundo continuará a girar do mesmo jeito. Os dias continuarão a se suceder um após outro, sempre com uma noite no meio, de tal forma que eu possa descansar um tanto ou elaborar com mais cautela o que a luz do dia, cegando, não permitiu. As pessoas continuarão vivendo, ainda que eu possa morrer de fato ou apenas por dentro. O dia continuará a rodar nos ponteiros das 24 horas e nada mudará isso. 
     É bom demais perceber que nada é tão significativo quanto eu quero que seja. A não ser para mim mesma. E isso me dá um enorme poder: o de escolher o que realmente importa e não aquilo que tenta se impor como importante. Ah...isso é bom pra caramba. Eu sou Deus e nem sabia!

Débora Denadai
Enviado por Débora Denadai em 23/05/2006
Reeditado em 23/05/2006
Código do texto: T161463

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora Denadai
Caracas - Distrito Federal - Venezuela, 54 anos
722 textos (154018 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 07:01)
Débora Denadai