Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LAÇOS

Evaldo da Veiga

Laços nossos, nossa aliança...
Sai pra lá azarão, nem adianta, eu e ela  na mesma mão.
Ninguém vai atropelar mesmo vindo no escuro.
Sabemos desviar, é nossa missão.
Não adianta tentar abortar um amor tão legal,
O que eu ganho brincando sozinho neste banal?
Não estou nem ai pra tanta oposição,
Quem não quer nos ver junto olhe em outra direção.
Fuga jamais, se agora é que está bom.
Ninguém vai atropelar mesmo vindo na contra mão.
Quebrar os laços jamais, nem eu ela nem ninguém,
Queremos mais, de manhã à tarde e a noite,
Umazinha, umazona que soma legal, 
segura as pontas, que é amor, e não carnaval.
Não, não vem, não tem nada de querer
 um destino que não é o teu.
Se segura, seguro nela e ela em mim e tudo bem.
Não adianta palpite sai dessa irmão.
Quero ela até o final da partida, 
durante e após prorrogação...
Vou com ela, seguro nela, amor e  tesão
Ela também é isso irmão...
 Você não é padrasto e nem patrão, se meta não,
Ande certo viva e deixe viver, atrapalhe não.
Se você vê um lindo amor sorria e ame também...
Viva para o bem , porque o que adianta não atrasa.
Eu e ela carinho, amor e o resto que for  bom...
Viva legal, viva o amor, 
Sorria, nos deixe, saia da contra mão.

www.recantodasletras.com.br/autores/evaldodaveiga

evaldo.veiga@gmail.com
Evaldo da Veiga
Enviado por Evaldo da Veiga em 26/05/2006
Reeditado em 12/05/2007
Código do texto: T163664

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Evaldo da Veiga
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 73 anos
952 textos (313617 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:11)
Evaldo da Veiga