Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
AMOR E AMIZADE: QUEM É QUEM?!

Em determinados instantes de suas vidas, algumas pessoas chegam a ficar horas a fio tentando descobrir qual a diferença existente entre o amor e a amizade. E às vezes, sem querer, acabam fazendo uma confusão danada, achando que esses dois sentimentos são similares.

Particularmente, eu entendo que o amor e a amizade são díspares, ou seja, eles são totalmente diferentes, em que pese à facilidade que tem a amizade de ser um dos elos utilizados na formação do amor.

Por outro lado, há quem entenda que o amor e a amizade podem conviver simultaneamente, ocupando o mesmo “espaço”, sem que um interceda na “vida” do outro. Aí eu discordo dessa afirmativa, pois é quase impossível haver espaço para ambos no envolvimento de um relacionamento a dois.

Se a amizade em determinado instante ceder lugar para o amor, este, de pronto, se apoderará daquela pessoa que assim o fez e passará a exigir um pouco mais dela bloqueando os seus impulsos. Geralmente ele agirá como se fosse o verdadeiro dono da situação, ou melhor, como se aquela pessoa fosse propriedade sua.

Quanto à amizade ela é parceira e menos exigente que o amor. Ela sempre terá lugar reservado para mais um no seu espaço afetivo e não aprisiona a pessoa que ali está, por mais apegada que esta esteja em relação à outra.

Vez em quando eu chego a imaginar que a amizade pode ser comparada a uma república de estudantes, oriundos de diferentes regiões. Ali, naquele espaço, às vezes exíguo, permanecem dezenas de pessoas, uma(s) dependendo da(s) outra(s) até o último dia do curso que iniciaram juntas; e até há discórdias, brigas e desentendimentos, por vezes banais, mas nada que não possa ser resolvido com um simples pedido de desculpas e/ou um reconhecimento recíproco das falhas cometidas.

No tocante ao amor eu tenho percebido que ele é totalmente diferente, pois na maioria das vezes ele não transige, não aceita parcerias, tornando-se iminentemente individualista e egoísta por excelência.

Portanto, você que no seu dia-a-dia deve conviver em círculos fechados envolvendo o amor e a amizade, o que você diria ao seu grande amor se ele, de forma intempestiva, resolvesse se transformar numa de suas gratas amizades?
Germano Correia da Silva
Enviado por Germano Correia da Silva em 28/05/2006
Reeditado em 17/02/2008
Código do texto: T164589
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Germano Correia da Silva
São Paulo - São Paulo - Brasil
454 textos (52268 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 10:07)
Germano Correia da Silva

Site do Escritor