Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

fonte imagem:www.patoche.org/.../ 1999/05/harmonia.jpeg 


Harmonia do Tempo

Neste segundo, não importa se o resto do mundo está funcionando em sintonia. 

A harmonia habita aqui e muda a realidade, as expectativas. 

Ela também direciona o olhar para outros horizontes, outros lugares, outras pessoas. 

As dores adormecem. 

O corpo anestesia-se 

A alegria vira sinfonia e em acordes perfeitos faz vibrar, com calma, o coração dentro peito. 

Perfeito é esse tal de tempo. 

Ah! Oh tempo! 

Senhor e rei de qualquer situação. 

E não importa por quanto tempo. 

Ele nunca abandona quem precisa dele. 

Para ele, nada é terrível e duradouro para sempre. 

Ironia, talvez, seja a fantástica e contrastante melodia que irradia e que transborda em utopia para virar poesia. 

O tempo sempre tem mel para adoçar a boca que não suporta mais o gosto do fel. 

Aos poucos, sem que se perceba, ele vai lavando a alma, levando as culpas, arrumando a vida. 

Por encanto, se disfarça em fadiga -eu que o diga – para ouvir um basta, de quem não agüenta mais. 

Vira, então, companheiro matreiro, sentinela de qualquer sentimento ou emoção. 

E é esse mesmo tempo que nos faz transbordar em sensações, que nos faz dizer asneiras e fazer besteiras que vem murmurar para que cale o coração. 

Que bom! 


Rosa Berg
Enviado por Rosa Berg em 30/05/2006
Reeditado em 30/05/2006
Código do texto: T165712

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosa Berg
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
509 textos (71923 leituras)
30 áudios (5857 audições)
2 e-livros (2212 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:10)
Rosa Berg