Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Maravilhoso é conceber-se ao amor.

               Maravilhoso é conceber-se ao amor.



Coberta de desejos
A cabeça prestes
A ser arremessada
Numa catapulta
Sobre qualquer homem.
Seus olhos flamejavam
Sua boca seduzia
Seu corpo tremia
E não sentia , sentia.
No ar um perfume masculino
Seus poros absorveram
E transpiraram sobre a tez.
A mudança no seu corpo
Não seguia regras
A flor do seu púbis
O clitóris já em abundancia
Mudara a cor de seus pelos
Estava totalmente enrijecida
E num toque de dedos
Um voluptuoso choque
Percorreu o seu corpo
Ganhando força
Potencializando a adrenalina
Que ora fogo de um vulcão.
Foi abraçada e beijada ardentemente
E o seu corpo explodiu
Causando no seu espaço
A maior metamorfose do mundo
Todos os sentidos transbordaram
Como lava em seu vulcão.
Esse homem
Teve que ser
Super homem.
Juntar todas as peças
Ler todos os segredos
Quebrar todos os tabus
Equacionar todas as fórmulas
Dimensionar ações
Criar barreiras
Enfrentar aço com flor
Fogo com gelo
Seguir desejos
E conter vibrações.
Os sismos foram abrandando
Recolheram no caminho
Arte nunca vista.
Gostoso era sentir
As mãos suaves
Voltando para a casa
Com brilho nos olhos
O coração em paz
E o amor inocente
Sem defesas por uma flor.
Tudo casto, guardado
Voltado ao normal
Na confiança das palavras
O medo de se entregar
Verdade absoluta
Mar de lar
Lembranças maravilhosas
Esperas curtas
Porque agora é casada
O cio não perdura (tempo)
E a qualquer momento
Faz tudo acontecer
Novamente.
Condor Azul
Enviado por Condor Azul em 31/05/2006
Reeditado em 19/05/2007
Código do texto: T166985
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Condor Azul
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 54 anos
722 textos (26305 leituras)
1 áudios (175 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:04)
Condor Azul