Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Revisão Holística

Ilustre é o tempo
Pudico e sagaz
Ceifando as ternuras da vida
Em bolero intencional.

Ilustre é o tempo
Impiedoso, eloqüente
Exibe à luz de seus domínios
Traços marcantes de páginas vencidas.

Ilustre é o tempo
Imperativo, desumano
Traz consigo mágoas entorpecidas
Resquícios de insanidade crônica.

Ilustre é o tempo
Doloroso, irreversível
Ignora pontes atadas em ilusão
Desmistificando hombridades geniais.

Ilustre é o tempo
Sagaz, obstinado
Proprietário de contundentes emoções
Cúmplice de infâncias devassas.

Ilustre é o tempo
Imponente, desconhecido
Mal julgado as mentes limítrofes
Castiçal de murmúrios através das noites.

Ilustre é o tempo
Sedutor, reticente
Exterioriza o ego carente e vil
Testemunha coesões infames.

Ilustre é o tempo
Réprobo, mansarrão
Mantedor de esperanças cegas
Esnobes na natureza órfã da vida.

Ilustre é o tempo
Dadivoso, inocente
Recordador ferrenho dos mortais
Incansável em lecionar ufanismos.

Ilustre é o tempo
Pueril, olhiagudo
Exímio astro da epopéia híbrida
Incansável em eternizar paixões.

Ilustre é o tempo
Passado, presente
Ao futuro, névoa esbranquiçada
Ao poeta, cai a madrugada.
Cesar Poletto
Enviado por Cesar Poletto em 13/06/2006
Reeditado em 19/06/2006
Código do texto: T174729

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cesar Poletto
Piracicaba - São Paulo - Brasil
730 textos (34088 leituras)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:35)
Cesar Poletto

Site do Escritor