Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Intangível

Intangível
Delasnieve Daspet

Por onde andas, felicidade?
Fechei as cortinas.
Segui os  sonhos...
Olhei  o céu te buscando...
Estas tão intangível!

 A manhã chega como uma onda de calor,
É lânguido o  instante do prazer.
Fingindo que o mundo lá fora não existe,
Repouso - minhas inquietudes  -
Na brisa suave  de teu olhar,
Mais forte que o vento!


Morremos  tão jovens
Sem entender o que nos  foi ensinado;
Nem sempre entendemos nem a nós!...


Fugidio momento:
Apenas um instante no vazio que aderna,
Um bater de asas de borboleta,
Flor de maio que se verga,
Fecho os olhos
Cedo a sede que  me seda!
#
Campo Grande-MS, 15 de junho de 2005
23,40 hs.
Delasnieve Daspet
Enviado por Delasnieve Daspet em 15/06/2006
Código do texto: T175723
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Delasnieve Daspet
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 66 anos
654 textos (28512 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:33)
Delasnieve Daspet