Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

É Isso

Delírio insano esse que nos cobre de pó
Quando de anzol na boca desfilamos
Por cima, pelos hemisférios, em cortes sérios
Somos engomados e derretendo, adoecemos nas áureas cinzas
Ziguezagueamos por terrenos e esquifes
Atravessamos com jeito de nobres, os infindáveis desertos de lua.

Somos bactérias do bem, introduzindo, apresentando-se
Estimamos, e boquiabertos, convidamos a aplaudir
Os servos do palácio de sumo ácido a nos cauterizar
A fim de aleijar, matar, assoprar.

Tentamos digerir ilhotas num ístimo, num plágio
Manobras ágeis ressecam e re-hidratam, são frágeis
Somos todos, sementes inativas
Tristes de vida, pobres em lembrança
Mestres de uma contradança delineada e afoita

Apologias nos cerceiam, nos esfriam
Mores sentimentos de mentes quentes e desopiladas de ócio
Vozes e alimentos dementes de entes, decapitados ossos.
 
Sangram de jarra tinta, o intróito em engajado breve
De uma couve de tenras folhas com manteiga e pães
Que nos causam fome nas manhãs e inanição nos lençóis
É aí que paramos!

Ponha na lenha comida pela chama
A lenta e sempre moça de pijama
Rota de ternuras, sem furos ou muros
A nos compelir, a nos retocar, a nos importar
Confidencie aquelas não mais cerradas janelas
De um dia em torno do lampião aceso.

Segue o curso de uma história repetida
Por vezes até medida, ignorada na ida
Captando no torque da lenta marcha
A caixa de surpresas, intrínseca em nós
Neutralizando, varrendo, nutrindo e ativando a voz.
Cesar Poletto
Enviado por Cesar Poletto em 16/06/2006
Código do texto: T176577

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cesar Poletto
Piracicaba - São Paulo - Brasil
730 textos (34095 leituras)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:43)
Cesar Poletto

Site do Escritor