Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Livre

Livre.
 Delasnieve Daspet
 
Canto pela vida, canto pela morte,
canto pela realização de meus sonhos,
para conquistar meus desejos preciso superar a todos,
ser forte, soberana, sem me incomodar com as coisas
do dia a dia que apequenam...
 
Acender a chama da vida que impulsiona,
a força que anima e fortalece,
lutar pela promoção da dignidade humana,
pelos direitos dos excluídos,
cortar os grilhões da prisão da fome e da ignorância...
 
Preciso ser livre...
Descobrir dentro de mim a centelha do fogo que
me tornará corajosa, destemida defensora da vida,
denunciadora da maldade, promovendo a verdade,
denunciando a corrupção e enaltecendo a paz...
 
 
Preciso ser forte - uma rocha!
Preciso descobrir o caminho para vencer o medo que
acovarda, a ignorância que amedronta,
a prostituição que macula crianças,
a escravidão do trabalho que ainda existe,
violência que se pratica dia a dia!
 
Tenho de acreditar - que sou livre!
Livre, para  me empenhar na construção desse sonho
na diversidade que nos abraça  nestes brasis,
ajudando a alimentar sonhos de comunhão fraterna!
 
É dessa liberdade que precisamos, todos,
para que a paz se restabeleça entre os povos,
eliminado-se a miséria, a fome, as guerras...
 
Abrir  nossas mentes, iluminar nossas idéias,
compreender que todos caminhamos no mesmo planeta,
em busca dos mesmos ideais, das mesmas esperanças,
poder  fazer nossas escolhas...
 
E, Livre, como o  vento das pradarias, voar ao encontro da Paz!
 
24 junho de 2006 ( 23,40 hs )
Campo Grande-MS
Delasnieve Daspet
Enviado por Delasnieve Daspet em 25/06/2006
Código do texto: T182318
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Delasnieve Daspet
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 66 anos
654 textos (28508 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:09)
Delasnieve Daspet