Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Anarquia Obrigatória

Toda farta
Dessa
Essa nova anarquia ultrapassada
Obsessiva e repugnantemente vazia
De conjecturas mal feitas e mal elaboradas
Gritando e cuspindo esperma
Jovens cheios de saúde
Coloridos, achando seu meio

Enquanto quebram telefones
Sem saber exatamente por que
Chamemos esta fase ignorante
Em toda falsidade de pureza e originalidade
Usando todo tipo de artifícios para se fazer aparecer
Culpando qualquer um no seu caminho
E o cão não poderia revidar

Um paradoxo imposto
Pela imposição de liberdade
Sendo obrigados, todos eles, a serem livres
Ou seremos iguais a qualquer um na sociedade
Burros e tolos, eles sim são presos

Brincando de chamar a liberdade
Sem ao menos se interessar em toda a história
E retrocesso não ajuda
Pois o passado, velho e cheio de pó
Não pertence à nova e moderna geração

Não é livre aquele que não é obrigado a ser livre?
Maria Aguilar
Enviado por Maria Aguilar em 09/07/2006
Código do texto: T190650
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Aguilar
São Paulo - São Paulo - Brasil
45 textos (2281 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 19:58)