Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

fonte imagem:http://www.emmilpedacos.blogger.com.br/olhos%20choro.JPG


SOU DE CARNE E OSSO

O vazio de minha alma passeia como um fantasma no vazio das ruas, atravessando por entre os faróis dos carros enfileirados, deixando rastros no cinza bruto do asfalto.

Explode em meu peito a sensação do medo que estava guardado em caixotes empilhados num canto de minha lucidez.

Os meus ouvidos estão atentos à marcação de meus passos no tempo, para que meu corpo não se perca no manicômio de meus sentimentos.

Minha rebeldia convulsionou-se para fazer adormecer e anestesiar alguns calos que a vida me deu.

A vida real, não abranda regras, disso não posso me esquecer.

Ela não pára no meio do caminho e nem deita numa cama para esperar uma ferida se curar.

Ufa!!!

Acabei de me lembrar - sou de carne e osso - tenho o direito e posso chorar.

.



Rosa Berg
Enviado por Rosa Berg em 09/07/2006
Código do texto: T190839

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosa Berg
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
509 textos (71859 leituras)
30 áudios (5857 audições)
2 e-livros (2212 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:32)
Rosa Berg