Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

fonte imagem:http://seremmim.blogs.sapo.pt/arquivo/sozinha.jpeg


SE ALGUÉM ME ACHAR ,FAVOR ME AVISAR,

Perdi-me de mim mesma, procuro-me por mim desesperadamente e não consigo me encontrar. 

Já revirei os meus armários, baguncei minhas gavetas, arrastei até o do sofá, mas também não me achei por lá. 

Refiz os caminhos de volta dos mesmos lugares de onde vim e nem sinal de mim. 

Quem sabe estou dentro de um envelope largado num canto qualquer e me esqueci de anotar no seu conteúdo que eu estou lá? 

E se me rasguei sem querer e me joguei inteira no lixo sem perceber?

Como é que vai ser? Não quero nem pensar!

Afinal, preciso estar comigo para viver, tenho obrigação de me achar. 

Abro os livros que estou lendo, de repente, quem sabe? Virei marcador da página onde a leitura tive que parar. 

Mas que nada, infelizmente, também não estou lá. 

O desespero me domina, a memória não ajuda, fico que nem barata tonta tentando pensar onde posso me encontrar. 

Já chamei até São Longuinho, dei-lhe de gorjeta,  antecipadamente, três pulinhos, quem sabe ele pode me ajudar? 

Parece que nem ele consegue me achar. 

Respiro fundo porque preciso me acalmar. 

Sento na beira de minha cama tentando me lembrar quando foi a última vez que me vi em algum lugar. 

Estou pensando até em colocar a minha foto num jornal dizendo que desapareci. 

Que desespero! Não me acho e não consigo me lembrar de onde eu possa estar. 

Então, não vejo outro jeito a não ser o de apelar para quem me viu passar por algum lugar. 

Amigos! Se vocês me viram por aí a perambular, avisem-me,  preciso de mim com urgência e irei correndo até onde for preciso, para me buscar. 

Preciso de mim.






Rosa Berg
Enviado por Rosa Berg em 10/07/2006
Reeditado em 10/07/2006
Código do texto: T191134

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosa Berg
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
509 textos (71927 leituras)
30 áudios (5857 audições)
2 e-livros (2212 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:39)
Rosa Berg