Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

" O tempo está passando "
Evaldo da Veiga


Dizem que já não estou tão movimentado,
que fico olhando distante e vendo o que ninguém sabe o quê.
Dizem que já não danço como antes...
Estou me guardando pra que, pra quem, eles estão pensando...
E eu não posso falar,
até poderia interpretar o que sinto e de certa forma dizer.
Mas pra quê ?
O tempo está indo...
Não me guardo para uma festa, não me guardo pra algo preciso.
Vou vivendo, só isso é o que consigo fazer.
Vejo as moças com a mesma emoção, talvez até mais,
mas fiquei cauteloso, respeitando o tempo e o amor...
Medo de ser incômodo, invasivo? Sim, por que não?...
Em certas questões sou cauteloso, por excelência.
Não por resguardo pessoal, mas na busca da gentileza...
Pra não machucar quem eu gosto de sentir e olhar.
Quem me ofende e pisa injustamente me defendo,
não consigo aturar.
Gosto de coisas que o Mestre disse, e sinto por ele profunda ternura,
mas não acho legal perdoar, perdoar, perdoar...
Dou tratamento diferente aos bons e caridosos, 
aos que não machucam a vida e ao ser, 
aos que respeitam a paz, o carinho e o amor.
Mas em mim permanece ainda,  furor de agredir o agressor.
Estou me guardando não sei por que, enquanto isso,
quero vivê-la... Ela  mulher, intensamente.
O melhor é estar de olho numa mulher,
com o mais intenso carinho e intimidade...
A vida já me deu e me tirou,
mas como ensino maior alertou que é preciso sorrir, amar...
Estou me guardando não sei por que e pra quem,
não é uma festa qualquer...
Talvez pra todos os dias,
amando  filhos e amigos,
amando sempre a mulher.

N - Imagem, Tela do Salvador Dali

evaldodaveiga@yhaoo.com.br
Evaldo da Veiga
Enviado por Evaldo da Veiga em 12/07/2006
Reeditado em 01/01/2007
Código do texto: T192348

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Evaldo da Veiga
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 73 anos
952 textos (313617 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:27)
Evaldo da Veiga