Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Produto do meio

Não sei o que digo,
nem sei o que faço.
Vou sem cansaço
perambulando pelo asfalto.
Cabisbaixo e atrevido,
insultando e retorcendo,
procurando e ocultando.
Vou sem rumo e sem hora certa
de chegar a nenhum lugar
De que vale a vida?
Se não há nada,
se não houve tempo de
encontrar minhas raízes
de compratilhar algum afeto.
Entre ser gente ou indigente,
Opto pelo fácil!
Opto pelo óbvio!
Pelo que há
sem rastros ...a rastejar!
O que eu sou, não vai mudar
Sou o produto
a bruta soma
a diferença a incomodar!
Será?!
MariSaes
Enviado por MariSaes em 13/07/2006
Código do texto: T193089

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o sitedoautor.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MariSaes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1694 textos (65130 leituras)
2 e-livros (52 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:01)
MariSaes