Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Gatos em teto ardente 

Rosa Pena
 
Invado seu telhado.
Sim! Ele é de zinco. Dispo a sensatez e me visto da nudez. Pulo de assalto em seus braços e me enrosco neles. Encantada com seu cheiro, eu cheiro cada vez mais para facilitar minha busca de suas sobras, você se excede no amor enquanto eu vivo na escassez. Lanho-me na aspereza de seu queixo e me banho em sua saliva. Esfrego-me em seu peito e me tatuo em cada milímetro de seu corpo até ouvir seu suspiro de animal rendido. Farto minha fome e até mudo de nome! Destelhada viro gata para viver nessa morada mais que de zinco, muitíssimo mais, é um verdadeiro brinco de ternura.
A quentura vai além do que indica o termômetro da prudência.Mas quem disse que devo à ela obediência?




E por falar em gatos:

Gata em Teto de Zinco Quente
(Cat on a Hot Tin Roof /1958)

Ilustração:
Mulher-Gato /ROSAPENA POR SILSABÓIA 


 
Rosa Pena
Enviado por Rosa Pena em 18/07/2006
Reeditado em 08/05/2014
Código do texto: T196480
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Rosa Pena
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
960 textos (1418178 leituras)
48 áudios (24767 audições)
33 e-livros (29020 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:33)
Rosa Pena

Site do Escritor