Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

" T E   A M A N D O "

Evaldo da Veiga





No ato simples de te amar fui aprendendo coisas...
Que de nada adiantaria ações motivadoras para 
manter tua presença.
Se ela, a tua presença, não estivesse imorredouramente 
habitando em mim.

Aprendi que somente na medida da renúncia eficaz, 
se renova valores na convivência.
Que se manter dependente é um jogo lindo, enquanto
 ela se mantém dependente no mesmo elo.
Se ela que ir, deixe, dê informações que possam 
ser úteis em sua nova vida.
O importante é jamais esquecer que o êxito dela 
será sempre importante em sua vida.
A coisa mais triste na vida e ver uma vida triste
 que já fez parte em nossa vida.

É necessário contribuir para alegria em qualquer estágio, 
quando fazemos ou já fizemos parte do mesmo mundo.
Olhe sobre as nuvens e encontre o semblante dela 
no reflexo do sol ou de outra estrela.

Mesmo a Lua não tendo luz própria, reflete também,
 dependendo da nossa capacidade vibratória.
Eis que, em essência, todo amor existente no mundo 
depende de cada capacidade de absorção.

Quem ama com jeitinho de doce empolgação 
receberá amor em doses idênticas.
De tal forma tão gostosinho, que se torna ânimo
 gerador de novas doses de amor.

O Amor prolifera mais do que qualquer mamífero,
 dentre os mais proliferadores,
porque o amor faz a continuidade da criação...
Ao passo que, o ódio, se multiplica na fragmentação 
dos atritos de rancor, que vai apagando imagens, 
e depois  até os pequenos vestígios de beleza.


evaldodaveiga@yahoo.com.br

 






" valdodaveiga@yahoo.com.br

 N - Imagem, tela do Salvador  Dali
Evaldo da Veiga
Enviado por Evaldo da Veiga em 19/07/2006
Reeditado em 16/02/2012
Código do texto: T197111

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Evaldo da Veiga
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 73 anos
952 textos (313611 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:02)
Evaldo da Veiga