Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POEMA IMPOSSÍVEL

A flor tem o seu perfume como o poema tem a doçura da

palavra ou a aridez ferina de um espinho.

Ancorada no lirismo, cadenciada em ritmos e rimas, explode

sentimentos e emoções.

Outras vezes, desmetrificada e bêbada, inebria o olhar

mágico do leitor.

Sábio e profundo é aquele que lê para além dos olhos, onde

apenas a alma alcança.

Com alma e coração a estrofe se completa.

De plenitudes é feito o verso.

E de incompletudes também.

O poema do impossível faz o verdadeiro poeta.

José de Castro
Enviado por José de Castro em 20/07/2006
Reeditado em 20/07/2006
Código do texto: T197890

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José de Castro
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
2254 textos (673181 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:49)
José de Castro