Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto






"O MEU DIA DE HOJE"


Hoje eu acordei bem cedo,
sem temor, sem medo...
com muito amor no coração;
fui à padaria buscar pão
e cumprimentava a todos na rua,
mas, deparei-me, com a verdade nua e crua
quando cheguei no meu portão;
havia um casal com duas crianças
eram casados porque vi as alianças...
e me pediram café e pão;
de feliz eu fiquei triste
por saber que ainda existe...
alguém sem nada pra comer
há quem tem muito, outros sem nada
uns esbanjam e outros com fome
uns esbanjam e outros mendigam;
ah! Deu-me tristeza nesta hora
ouvindo a criança que chorava...
a mãe com semblante de cansada
o pai com semblante de vergonha...
mas de que adiantava a minha tristeza?
Se eu tinha leite, pão e café na mesa...
só me restava era ajudá-los;
e fazer o que eu podia...
senti-me feliz o resto do dia
e todos os dias, que me for permitido viver.




Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 21/07/2006
Código do texto: T198679
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Antonio Hugo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
3870 textos (257187 leituras)
185 áudios (36330 audições)
9 e-livros (7402 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 03:59)
Antonio Hugo

Site do Escritor