Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rosa Negra

És única entre as rosas;
Oscilando viçosa com o frescor do vento,
Haurindo o fulgor vital,
Para dar espaço a noite fria.

És única entre as rosas,
És fria, és silenciosa;
A única que desabrocha
Durante a silente madrugada.

És única entre as rosas,
Exposta sob o orcio;
Frígido orcio que faz sangrar
Os seus álgidos espinhos.

És única entre as rosas,
Aspergida pelas lágrimas da melancolia;
Aguardando até um dia ser colhida;
Colhida pela intensa serenidade;

Aguardando até um dia murchar;
Murchar suas lúgubres pétalas.
Mas até lá, és e será
Única entre as rosas.
 
Glaucio Viana
Enviado por Glaucio Viana em 25/07/2006
Código do texto: T201305
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Glaucio Viana
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 28 anos
159 textos (20422 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/11/17 15:12)
Glaucio Viana