Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

fonte imagem:http://enmivida.blogia.com/upload/lagrimas.jpg




SUFOCO QUE ME SUFOCA

Sufoco que me sufoca, quero caminhos, quero estradas, quero fugir daqui.
No momento, meu passo é lento, transito, em silêncio, pelas ruas do tormento.
Quero fugir daqui!!!!
Minha visão não está perfeita e não se sujeita a correr riscos para me libertar dessa escravidão.
O meu choro pariu-se na minha na cara, doído, sentido, desprovido de motivo e me esfrangalha atrevido, sem compaixão.
Na palma de minha mão, seguro o meu coração, que se contrai de dor, na exaustão.
Galopantes, em meu peito, sentimentos itinerantes que não conseguem se desvencilhar dessa tortura que, hoje, resolveu me visitar.
Eu grito, desesperadamente, por socorro, mas minha alma não tem ouvido ou não quer me escutar. Mas esse sufoco crescendo, essas lágrimas descendo, hei de fazer parar.
Parece que até meu anjo da guarda resolveu se aposentar.
Ah! Não me dou por vencida, sou atrevida e não vou me entregar, por isso não se assuste se me ouvir uivar, porque juro: esse sufoco, que me sufoca, eu vou sufocar.
Rosa Berg
Enviado por Rosa Berg em 25/07/2006
Reeditado em 25/07/2006
Código do texto: T201660

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosa Berg
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
509 textos (71911 leituras)
30 áudios (5857 audições)
2 e-livros (2212 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:34)
Rosa Berg