Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Purgatório

Quando a verdade os mantém longe... minta!
“Oi! Tudo bem?” É luto no velório da alma. O tempo passa, ninguém mais te vê chorar mesmo!
Vamos! Vá em frente! Os ponteiros vão andando e quando perceber, nem você mais sente.
Como os morcegos, escondem-se na escuridão, todos que não sabem mentir, com olhos vermelhos e calados, que a tempos não chovem onde respiram demais.
Por isso casais não se separam, existem contadores, bulímicos, falsas virgens, padres, freiras. Mulheres que apanham, filhos abandonados, machismo, primeira vez com prostitutas, prostitutas, falsos moralistas, namoradas que não podem usar mini-saia, ciúme, inveja.
Quando ta escuro...
MilaCampos
Enviado por MilaCampos em 29/07/2006
Código do texto: T204328
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MilaCampos
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 31 anos
7 textos (132 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:41)
MilaCampos