Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desejo




21/07/1980.




Quanto sinto a tua falta!
Te quero a toda hora, te vejo em tudo, sinto teu aroma onde quer que eu vá.
A saudade é tanta!
Tua voz ecoa por toda parte, em tudo que vejo.
Nossa cama é vazia sem você.
Eu sou oca sem tua presença.
Tenho tanto pra te dizer a toda hora, mas a barreira da vida nos separa.
Você sai de manhã, ao começo do dia, e volta tão tarde, fatigado.
Me encontra cansada, triste, por sentir a tua falta.
O pouco tempo que ficamos juntos temos que descansar.
E nunca estamos completos.
Para a felicidade humana falta sempre quase tudo.
Na nossa rotina tudo é em vão, tudo é triste.
Agora tenho nossa filha, que é meu consolo e minha preocupação.
Vejo no rosto dela a tua feição estampada.
Te amo tanto! E como preciso de você!
Algum dia, talvez, viveremos nosso amor como precisamos: entre o belo e o natural, cheios de vida e felicidade, com tudo de bom.
Que Deus nos ajude, meu querido, meu amor!
Edilene Barroso
Enviado por Edilene Barroso em 29/07/2006
Código do texto: T204382

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Edilene Barroso
Campinas - São Paulo - Brasil, 53 anos
192 textos (21460 leituras)
12 áudios (4784 audições)
5 e-livros (337 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 06:38)
Edilene Barroso