Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O tempo

O tempo é estranho. Um dia você abre os olhos e percebe coisas que nunca tinha visto antes. E você se pergunta se é você que está ali ou tem uma outra pessoa em seu lugar.

Você sempre caminhou para longe do caos que era a tua vida e derepente você é confrontado com ele. Na verdade hoje é a vespera do dia em que conheci o caos pela primeira vez.

Andando por aí encontrei uma linha dourada no chão de minha estrada.

Ajuntei aquele fio dourado e ele me levou a um pensamento: "Hoje o homem se embrulha em seu próprio caos". Pensei: "É verdade".

Ali também me embrulhei em meu próprio caos. Aquela linha dourada serviu de amarra para minha alma ao caos interior que a mim se apresentava.

Depois daquele dia perdi a contagem do tempo. Os dias não eram mais medidos por noites e dias, mas por horas, minutos ou mesmo instantes. E mergulhei num redomoinho que me levou a dias taciturnos de muita tempestade interior e a dias de sol esplendoroso e iluminado.

E a vida da gente ficou assim. Um torvelinho de emoções, a derramar lágrimas sem fim ou explodir de alegria. E teve tempo de vida e teve tempo de morte neste caos que pode-se dizer já se estende por cinco séculos de vida do tempo de tempo.

Hoje parei de contar o tempo. Envelheci demais contando- o. Já nem sei mais que hora do dia é. Mas fico pensando no amanhã. Fico imaginando que surpresas ele trará com a luz do dia. Trará alegrias ou trará lágrimas de dor outra vez? Se for tristezas que me esperam, não sei se tenho forças de continuar qualquer caminhada.

Mas como saber o dia de amanhã?. Pergunta que faço a mim mesma. E só, respondo-me: "Deixa o amanhã para o amanhã. Amanhã é outro dia. E ele com certeza virá".
Maria
Enviado por Maria em 01/08/2006
Reeditado em 17/10/2011
Código do texto: T206588
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4550 textos (185920 leituras)
1 e-livros (103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 13:05)
Maria

Site do Escritor