Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As vozes do mundo

Às vezes, as vozes do mundo confundem você. Quer tanto ouvir alguma coisa, deseja, anseia tanto, que quando alguém fala aquilo que queria ouvir, você se confunde. E então toma atitudes inesperadas para você mesmo.

Penso que tudo tem a haver com seu jeito de ser. Às vezes intempestivo e apaixonado, de fazer as coisas no calor da paixão. Mas então a vida joga aquele balde de água fria em sua cabeça. E você começa a pensar.

Sempre tenho dificuldades com o pensar. Acho-o muito perigoso. O pensar pode levar por caminhos mais fáceis mas que não exigem um ato de coragem.

Mas você pensa mesmo assim. Porque, por outro lado, se não pensar, também pode ser levado por caminhos que podem trazer surpresas inesperadas ou até decepções doloridas.
 
E pensando sobre as vozes do tempo, chega a algumas conclusões que podem, tanto ser corretas, como não.

As vozes do mundo falam. Mas a voz que você queria ouvir na maioria das vezes não fala assim. E você, no encantamento, não percebe isso.

E ainda fica a pergunta: Será que a voz que você conhece, a voz que deveria ouvir, falaria coisas que nunca falou? Será que essa voz falaria da loucura e do entorpecer dos sentidos pelo desabrochar de uma flor?

E ficam as perguntas que só você, dentro de você, pode responder !
Maria
Enviado por Maria em 02/08/2006
Reeditado em 17/10/2011
Código do texto: T207329
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4549 textos (185895 leituras)
1 e-livros (103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:57)
Maria

Site do Escritor