Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GOTAS

Gota a gota
se formam nascentes
que criam rios.

Gotas que se unem, gelam,
toranam-se continentes.

Gotas que evaporam
criam nuvens pesando
toneladas sobre nós,
sempre presentes.

Gotas de orvalho
sobre árvores e flores,
um afago da natureza
a todos os viventes.

Pela manhã, como fazia sempre ao acordar,
ele tocou, com carinho, sua bem amada.
Ela estava diferente, quieta, silenciosa.
Colou o rosto em seu colo,e
aquele coração que tantas vezes
pulsara por ele e com ele, parara
para sempre.
E com terrível espanto,
observou um fio de sangue
que lhe descia pelos lábios.
Com o dedo ele tocou
em sua boca e, do sangue,
uma gota colheu.
Levou o dedo à boca,
foi o último toque no coração dela.
Sentado, quieto, triste,
sentiu duas gotas rolarem por sua face
e pousarem em sua boca
ainda úmida do coração de sua amada.

Gotas de lágrimas
que formam nascentes
que criam amor.

Gotas de lágrimas
que gelam de amargura
e tornam o coração
um intocável continente
sem amor.

Gota de lágrimas
que evaporam
e vão ao céu
louvar o amor.

Gotas de lágrimas
que nos orvalham
com lembranças
do passado amor.


Criado em 27.07.2006





FARNEY MARTINS
Enviado por FARNEY MARTINS em 04/08/2006
Código do texto: T208988

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FARNEY MARTINS
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 77 anos
66 textos (7072 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 11:08)