Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                     

MMC

Rosa Pena




Não consegui aprender a lhe amar por inteiro. Só pelo meio. Sei que é lindo, mas não é meu. Como um poema de Bandeira, versos maravilhosos, mas não fui eu quem escreveu! Apenas leio.

 

 Não consegui aprender a lhe amar por inteiro. Só um terço. Sei que é obra-prima, mas não é minha. Como um quadro de da Vinci. Olho encantada a tela, mas não tem um traço meu nela.

 

 Não consegui aprender a lhe amar por inteiro. Só um quarto. Como um filme de Almodóvar, que é genial, mas não o encenei. Ella não era eu.

 

Ninguém sabe melhor de seus desejos que o próprio dono. Mais do que escrever Pasárgada, do que pintar Mona Lisa, do que ser protagonista de Hable con ella, desejo você em cada fração em que me divido.


Tenho a impressão que nossos sonhos são tão pares, que de mãos dadas igualamos qualquer denominador. Somos múltiplos comuns. Juntos viramos um inteiro.

                                                  

Rosa Pena
Enviado por Rosa Pena em 04/08/2006
Reeditado em 01/07/2008
Código do texto: T209002
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Rosa Pena
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
960 textos (1418092 leituras)
48 áudios (24767 audições)
33 e-livros (29020 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:25)
Rosa Pena

Site do Escritor