Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Centenário de Érico Veríssimo


Érico Veríssimo,
NUM LUGAR AO SOL
Leva-nos a viajar
Escutando MUSICA AO LONGE
Num belo SOLO DE CLARINETE
O resto é silencio.
Na VIAGEM À AURORA DO MUNDO
Contou contos em FANTOCHES.
Em nossos CAMINHOS CRUZADOS
Vivemos INCIDENTE EM ANTARES
Ate sofremos ATAQUE
De GENTE E BICHOS
Ei, minha CLARISSA
OLHAI OS LÍRIOS NO CAMPO
Veja nossa SAGA
Sou O PRISIONEIRO
De seu amor
Qual GATO PRETO EM CAMPO DE NEVE
Numa NOITE escura,
Você minha ROSA MARIA NO CASTELO ENCANTADO
MEU ABC.
O TEMPO E O VENTO
São sabedores do que sinto.
Ainda vejo-te segurando
AS MÃOS DE MEU FILHO
E lendo AS AVENTURAS DO AVIÃO VERMELHO,
OS TRÊS PORQUINHOS POBRES
Ele pedindo: - OUTRA VEZ OS TRÊS PORQUINHOS
Ou O URSO COM MÚSICA NA BARRIGA
Gostaria de ser
O SENHOR EMBAIXADOR
De sua vida,
Assim seria mais feliz
A VOLTA DO GATO PRETO
Trouxe alegria ao lar.
Viajei e vivi
AS AVENTURAS DE TIBICUERA
E também AS AVENTURAS NO MUNDO DA HIGIENE
Emocionei-me lendo
A VIDA DE JOANA D'ARC
e A VIDA DO ELEFANTE BASÍLIO
Érico Veríssimo,
Com você vivi, viajei, me emocionei,
Sonhei.
Parabéns
Sua sensibilidade nos versos me traz alegria.

Em maiúsculo titulos das obras de Érico Veríssimo, das quais resolvi fazer esta brincadeirinha, como homenagem.
Respeitosamente
Gilmar
gilmar griep
Enviado por gilmar griep em 04/08/2006
Código do texto: T209130
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
gilmar griep
Rio Grande - Rio Grande do Sul - Brasil
166 textos (20586 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:06)
gilmar griep