Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Filha da noite

Sou cobra criada, em cativeiro, mas sou cobra. Estou cansada, de vender um produto que não sou eu. Hoje descobri, que a lua me faz muita falta, e sedução que só bares escuros podem ter. Sou menina moça atrás de grandes emoções, sou muito mais eu, e eu não me importo, pelo menos não muito com o que vai ser de você.
Sou mulher de aço, estou atrás do trio elétrico, movido a alcóol, talvez eu seja movida a isso, ao extâse de estar no meio da multidão, ser deseja por tantos olhos, mas meu corpo e meu prazer são só meus.
Ah, quem me tirou a boa vida?! Estou de volta boêmia, pode avisar, deixa por escrito, um protocolo, uma circular. Estou de volta ao lar, de volta ao barulho, de volta ao mar de gente. Sou gente, sou mulher, sou menina, usando a mascará que tanto me cabe, que tanto sou eu. Sou sedução.
Sou velha menina, cheia de graça e charme, em busca de um pouco de ilusão, emoção, tanto faz.
Hoje és minha vitíma amanhã, sou teu alvo, mas tanto faz o fator, tanto faz a ordem, desde que eu me divirta, me divirta...
Estou de volta, estou com saudade, estou cheia, estou tranquila. Velhas e novas paixões, velha  e novas ilusões, alucinações. Mas o bom da vida, minha pouca idade, minhas poucas preocupações, sou moça de conta própria, procurando um pouco de abraços, afagos, saudades e alucinações.
Me veja com os meu olhos, me beijo com minha fúria, queria ser eu enquanto me desfaço, as desgraças, da vida cotidiana, nos teus braços.
Meu gemido, meus gozos eternos, e solitários. Sou muito mais eu, do que a solidão!!!
Claudia Rayzer
Enviado por Claudia Rayzer em 12/08/2006
Código do texto: T214551

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Claudia Rayzer
São Vicente - São Paulo - Brasil, 31 anos
139 textos (6846 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 19:08)
Claudia Rayzer