Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

fonte imagem:www.promobrasil.it/




DIVINA MANHÃ

Abro a janela e em meus olhos brilha a luz de um novo dia.

O perfume da mata e o canto dos pássaros me inebriam.
 
Invoco o Sol para dele sorver energia e deixo-me banhar pela água miraculosa da poesia.
 
Coloco minhas mãos sobre minhas têmporas e massageio o meu barro corporal.

Pelas minhas narinas, inspiro o ar bem devagar e absorvo dele o fluído vital, afinal, é hora de entregar aos deuses o meu cansaço.

Nesta  manhã que acorda, estou purificada e limpa.
 
Eem  meu espírito reina, plena, a alegria, estou vestida de harmonia.

Ante ao espelho não me reconheço, estou mais forte.

Arranquei-me de meus delírios cortantes.

Em respeito a minha alma, entreguei-me à tão sonhada calma.

Tenho no rosto um sorriso vibrante, virei criança, estou mais bela, fiquei divina.
Rosa Berg
Enviado por Rosa Berg em 13/08/2006
Reeditado em 22/11/2008
Código do texto: T215442

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosa Berg
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
509 textos (71876 leituras)
30 áudios (5857 audições)
2 e-livros (2212 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:25)
Rosa Berg