Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A dúvida da tua possível presença

Acordei com a sensação de estar acorrentada a ti, como se tivesses colocado as algemas em meus punhos e partido para não voltar.
Acordei com a sensação que tivesses passado por aqui, como se tivesses dormido ao meu lado sem acordar-me.
Senti nos lençóis o perfume do teu corpo, no meu corpo as marcas das tuas mãos.
Procurei em cada canto mais algum sinal de ti, mas era incrivel como só naquelas quatro paredes existias tu, o resto era meu e da minha solidão.
Mesmo consciênte que não estiveste ali, sinto-me presa e comprometida a uma noite de sonhos e pesadelos.
Hoje, não sei destinguir se és um sonho ou o meu eterno pesadelo. Não tenho forças para tal, ou simplesmente não quero para poder continuar a sorrir esperançada.
Saltei da cama desesperada com a sensação de estar presa àquela cama que muitos segredos tem, fui em busca dos nossos fetiches...mas, eles não estavam no lugar certo, nem mesmo no lugar errado, não estavam...
Permanecerá em mim, a duvida da tua possivel presença...
LDias
Enviado por LDias em 16/08/2006
Código do texto: T217597
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LDias
Moçambique, 35 anos
52 textos (3165 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:29)
LDias