Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CORRESPONDÊNCIA INESPERADA

Chegou uma correspondência inesperada.
Ao abrir Vivi tem uma surpresa
E começa a chorar.
Seu companheiro a questiona
Mas ela não tem condições de explicar.

O choro compulsivo toma conta.
Aflito e nervoso seu companheiro
Arranca a correspondência de sua amada
E não acredita. Pode uma correspondência ter sido falsificada?

Como remetente constava:
Ministério da Educação e Cultura
Como conteúdo você foi reclassificada
Para uma bolsa integral.
Era trote? Era verdade?
Mas para Vivi era algo sensacional!

Não há como acreditar...
Vivi sempre estudou em escolas públicas
E já fazem mais de dez anos que se terminou o antigo segundo grau
Para o ENEM não estudou e não teve uma nota muito boa
Apenas acima da média nacional
Poderia ser verdade essa notícia fenomenal?

Haviam 117 pessoas na sua frente para apenas 17 bolsas...
Vivi não acreditou e após a euforia duvidou
Foi aí que ligou para a instituição
E com grande alegria e emoção
Fez a constatação: Era verdade
Vivi agora era só felicidade!

Recebeu a correspondência no penúltimo dia
Não sabia como fazer
Separou todos os documentos
E foi a universidade,
Apenas para provar a verdade
E cumprir a burocracia.

Lá ficou sabendo que iria passar por mais uma avaliação
Os documentos deveriam passar por uma comissão
Para que fosse conferido a exatidão...

O resultado sairia em uma semana
E ali começaria o drama: a ansiedade a lhe incomodar...
Ligava todos os dias pela manhã, a tarde e a noite
Até a resposta definitiva alguém lhe dar
Numa noite chuvosa e fria
O resultado estava no ar pela internet
Antes  da meia noite Vivi queria entrar
Havia uma lista de 61 pessoas e o seu nome
Demorou a encontrar

Estava no número 60 na penúltima linha
Mas não no curso que escolheu...
O que será que aconteceu?
Será que desta vez não deu?

Novamente voltou a ligar
Queria ter certeza, queria confirmar...
Será que desta vez Vivi voltaria a estudar?

Ao ligar falou do problema
E ficou sabendo que o erro não era no nome e sim no curso
Apenas um acidente de percurso
Mas que terminou com seu dilema.

Ao contar para sua mãe e para seu pai
Ainda tinha medo da decepção,
Pois  no telefone ouviu o choro de emoção.

A alegria tomava conta da família
Que agradecia em oração
A ansiedade não a deixou dormir
Não parava de refletir
Sua importante missão:
Estudar, estudar e ajudar a nação.

Ela teria que ir novamente a universidade
Para a matrícula efetuar
No mínimo 5 cadeiras
E naquela noite ela poderia começar
A alegria tomou conta e
Vivi parecia  flutuar!

Enfim conseguiu,
Com belo sorriso da universidade ela saiu
E no dia 17/08 recomeçou.
No primeiro dia todo mundo olhou
Mas ela nem bola deu.
Vai fazer o que prometeu
Concluir o curso de Direito
Que ela tanto sonhou!

(Viviane Rodrigues ganhou a bolsa integral do Prouni e retornou a estudar na Ulbra no dia 17/08/2006)

Viviane A R Rodrigues
Enviado por Viviane A R Rodrigues em 20/08/2006
Código do texto: T220894
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Viviane A R Rodrigues
Canoas - Rio Grande do Sul - Brasil, 38 anos
35 textos (154053 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:46)
Viviane A R Rodrigues