Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dia Infindo

O dia nasceu zangado, com jeito dequem quer escapar.
Um modo meio saliente de não querer  se entregar.
Olhei-o  até  bem de frente, achei-o
um tanto irritado .
Estaria estressado?

Sabemos que a nostalgia  faz parte desta rotina  e
deixa-nos  a  espiar...
Alguma falta ligeira,alguma fala  entortada
em frases  um tanto erradas.
Melhor seria calar...
                                                           Depois de algum  tempo e mimos,
depois dealgum carinho extremado,
usando pequenos detalhes ,
o dia resolveu se mostrar.
Não se escancarou  de uma vez...
nem veio para brilhar.
Ficou  lá no seu canto enroscado,  um
tanto ressabiado...olhando de esguelha  ,  fez pose
de muitas maneiras ,até resolver se deitar...

Espero que para a dança diária ,
ele  acorde amanhã com mais força ,
 deixe de lado  esta birra infantil ,
afaste a tal  cara feia  e com matizes  vistosas
ilumine em mil cores  os que dele dependem .

Mostre com ousadia  um céu  enfeitado em
nuvens branquinhas bem leves ao vento .
Corado em anil...


luferretti
Enviado por luferretti em 21/08/2006
Código do texto: T221437
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
luferretti
Limeira - São Paulo - Brasil
367 textos (13119 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:01)
luferretti