Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O ESPELHO DAS PRIMAVERAS

Dentes-de-leite são perolazinhas perdidas no tempo, como ocorreu contigo lá pelos sete anos. E, sem perda de tempo, sair correndo atrás da infância, pra que não se perca o que resta do espelho das primaveras.

Voando, revoando com um zumbido de paixão pela vida, olhinhos espertos de futuro. Mimosas margaridas-do-campo, abrindo asinhas douradas.

Nos gestos de mamãe a sorte: Mal-me-quer, bem-me-quer... E quando não queres?

O que fazer senão beijar a asa dos anjinhos que te movem a boca?

– Do livro O HÁLITO DAS PALAVRAS, 2006/2009.
http://www.recantodasletras.com.br/prosapoetica/222788
Joaquim Moncks
Enviado por Joaquim Moncks em 22/08/2006
Reeditado em 31/05/2009
Código do texto: T222788
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Joaquim Moncks). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Joaquim Moncks
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
2581 textos (709744 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:24)
Joaquim Moncks