Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                                         FAZENDO POESIA 

Estamos calados, silenciados por nossos versos, somos assim parte desse grande e belo universo, todos poetas enrustidos e guardados nesse mundo. Escrevemos por intuição e muita, muita paixão. Fazemos versos soltos e livres, sem combinação, não há rima que resista a realidade do momento, nem mesmo métrica suficiente que explique tal sentimento. Quando um amor existente se faz presente na imaginação. Escrevemos sem preocupação da crítica, embora importante para entendermos outros sonhos.Não nos vemos em nenhuma academia; - senhora dona das letras! Sabemos lá fazer outra coisa se não poesia? Explique então como dizer de um amor de outra maneira? Aprendemos muito, até errando o português, mesmo não sendo nossa vez...Mas acertamos quando descrevemos um sonho com toda a verdade, nossos sentimentos cravados no papel mostrando nossa identidade, Pois a idade que vale é a do coração, aquela sincera vontade de às vezes dizer não. Mas se o sim prevalece nessa imensidão chamada poesia, que seja um sim permanente, que seja entre todos nós poetas desconhecidos essa felicidade de calados, deixarmos voar nossos sentimentos.
Jose Carlos Cavalcante
Enviado por Jose Carlos Cavalcante em 24/08/2006
Código do texto: T224284
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jose Carlos Cavalcante
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
730 textos (54083 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:27)
Jose Carlos Cavalcante