Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Revelação [ ou SIM ! ]

Sim ! A vida. Subproduto da Arte.
Tentar entendê-la ?
Esforços empenhados em vão, não ?
Melhor mesmo senti-la assim - no estágio mais puro e
instintivo que ainda pudermos alcançar.
Sim, isso dói. Sim, dilacera. Sim, dá prazer.

E tudo o que se sente é custo-benefício abstrato.
Créditos e débitos do exercício de SER.
O desconhecimento de si próprio pode ser avassalador.
O pleno conhecimento também.
Mas nada que justifique o medo de olhar-se dentro.
Inebriado e ofegante...

Sim. Ousa. Vasculha teus espaços internos.
Tuas limitações extremamente mundanas. Efêmeras.
Teu EU material contemplando o volteio orbital do tempo.
Elemento sutil a roubar-te de ti mesmo.

Ah, esse inexorável tic-tac dos relógios...
Essas imperiosas máquinas de matar, a lembrar-nos a cada
segundo que nossa vida escoa de modo incontrolável e absurdo.
A tornar mais doloroso o derradeiro cerrar das cortinas.

Mas não seria limítrofe a própria existência ?
Esse hiato inquietante e bravio a entrançar infinitos,
quando intrinsecamente permite-se permear-se por eles, na
trama silenciosa que costura tempo e espaço em
intermináveis dimensões ?

Sim ! Haverá vida após a escuridão do backstage.
Haverá fios luminosos , minúsculos holofotes riscando-te
o caminho...

Sim ! É isso. Caminha. Saberás aonde chegarás.
E lá estarão teus olhos. Ansiosos e benditos.
Semi-plenos. Semi-ardidos. Semi-perplexos.
Semi-lúcidos. Semi-doces. Semi-deuses.
Famintos da Luz eterna a brilhar-te inteiro. E intenso.

Mas isso virá depois de longo exercício.
Pratica-o incansavelmente.
Primeiro faz-te tela alvíssima. Eleva-te em puro pensamento.
Depois, faz-te Arte, pois nesta reverbera tua única salvação.
Vá colorindo-te a alma. A cada dia. A cada dor.
A cada lágrima - de chegada ou partida.
A cada aroma sutil de infindável alegria.

Porque é preciso ter em si todas as cores para dispor-se em transparências...

SIM !

Claudia Gadini
28.08.06

Claudia Gadini
Enviado por Claudia Gadini em 28/08/2006
Reeditado em 25/10/2006
Código do texto: T227009

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Claudias Gadini). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Claudia Gadini
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
318 textos (54197 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:12)
Claudia Gadini