Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LUCIDEZ NO MEIO DO CAOS

Não quero apenas comer um pedaço do mundo;
Quero o direito a ter o meu próprio gosto,
Quero o meu paladar por inteiro,
Escolher o meu pedaço do mundo. 

Não quero ter muito tempo de vida;
Quero ter muita vida mesmo que seja em pouco tempo.
Não quero apenas respostas;
Quero o espanto das perguntas. 

Não quero apenas curiosidade;
Quero ingenuidade no olhar.
Não quero apenas a paz;
Quero a guerra saudável e inevitável das várias forças
Que vivem em mim até que vença a que mais me faz feliz,
Enquanto me fizer feliz.

Não quero somente o mel;
Provo do amargo, do azedo e do sem gosto.
Não quero agradar a todos;
Quero agradar a mim e às vezes a ninguém. 

Não quero tudo em minhas mãos;
Quero minhas mãos transformando tudo em que tocarem. 

Não quero saber fazer tudo;
Quero ser inteiro em tudo o que fizer.
Não, não quero querer demais;
Quero aquilo que quero quase sem querer.
Não quero melhorar o mundo;
Quero tornar-me melhor apesar do mundo. 

Quero lucidez,
Mas lucidez no meio do caos
Porque de nada adianta iluminar um quarto vazio.
Iguaçu
Enviado por Iguaçu em 01/09/2006
Código do texto: T230171

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Iguaçu
Nova Iguaçu - Rio de Janeiro - Brasil
118 textos (9999 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:57)